Sem-abrigo dá uma “mãozinha” às pessoas que o ajudam