Afinal não somos tão diferentes das outras espécies… percebe porquê!